4 desvantagens da venda de produtos in natura em restaurantes

4 desvantagens da venda de produtos in natura em restaurantes

É perceptível a procura frequentemente por alimentos saudáveis no cardápio dos restaurantes. Porém, para os estabelecimento que querem praticidade – ou a economia, em alguns casos – adotar esse tipo de produto pode não ser a melhor alternativa.

Por isso, separamos abaixo as principais desvantagens da venda de produtos in natura em restaurantes. Veja:

1) Falta de produto no mercado

Restaurantes que só usam frutas in natura sofrem muito com perdas e ficam a mercê de safras, ou a disponibilidade do produto no mercado, como blueberry.

Hoje, soluções como o xarope de frutas, por exemplo, têm sido de grande valia para os restaurantes que pensam em aperfeiçoar suas produções, melhorando significativamente a falta de produto no mercado.

2) Armazenagem

O armazenamento de matéria-prima, em especial dos alimentos frescos e perecíveis, demandam muita atenção da equipe envolvida, isso porque é na hora da estocagem que os mantimentos são bastante manuseados.

Durante o processo, há o aumento de chances de a embalagem ser danificada, o que certamente comprometerá a qualidade e segurança dos alimentos. Além disso, diminuir o tamanho do espaço de armazenamento é uma forma de reduzir esses custos.

3) Excesso de tempo e mão de obra no preparo das receitas

Um exemplo real e que se tornou uma problemática diária dentro dos restaurantes é o limão. A fruta pode ser utilizada para um suco, em uma salada, um prato, uma sobremesa, ou em bebidas como a caipirinha, margarita, entre outras.

Porém, manter o uso da fruta dá trabalho, uma vez que seu tempo para consumo é pouco, o que pode impactar até mesmo no orçamento. Uma das soluções a serem adotadas para este caso é diminuir a quantidade da fruta adotando alguns produtos práticos como a essência do limão.

Além da praticidade, o produto traz mais simplicidade e rapidez para a receita, diminuindo a mão de obra e, permitindo também, a criação de outras receitas de pratos e bebidas, diversificando o seu negócio.

4) Frequência da compra dos produtos in natura

Produtos que estragam com facilidade como os in natura devem ser comprados com mais frequência, ou, então, serem congelados. As frutas e os vegetais perdem o valor nutricional facilmente e por isso devem ser comprados frescos e consumidos em pouco tempo.

Os mantimentos não perecíveis podem ser estocados e, por isso, não precisam ser comprados com muita frequência.

E então, nosso blog post te ajudou? Ainda tem dúvidas sobre desvantagens dos produtos in natura em restaurantes? Deixe a sua pergunta!

Curso Food and Beverage

Sobre Samuel Pereira

Jornalista

Deixe um Comentário