Quais as vantagens de se trabalhar com bebida artesanal ou industrial

Quais as vantagens de se trabalhar com bebida artesanal ou industrial

Uma tendência que ganhou corpo ao longo dos últimos anos é a procura por bebidas artesanais, sobretudo cerveja, o filão que mais cresceu nesse segmento. Hoje trataremos no blog sobre quais as vantagens e desvantagens entre bebida artesanal ou industrial.

Se antes o mercado de cervejas não apresentava grande diversidade, o cenário se modificou ao longo da última década, com maior fluxo de informações e uma nova realidade socioeconômica vivida pelos brasileiros.

Assim como outros setores da economia, o gastronômico também sofreu mudanças significativas, com maior diversidade de produtos e serviços, e descoberta de novos nichos de mercado.

Qual consumidor prefere bebida artesanal ou industrial?

Primeiramente, é preciso saber qual o perfil do consumidor. Mais difundidas, e com maior impacto de publicidade, as bebidas industriais atendem clientes adaptados ao sabor dos tradicionais rótulos de cerveja, já consolidados no mercado e amplamente comercializados em mercados.

Já a bebida artesanal oferece sabor diferenciado, e é grande atrativo para consumidores mais exigentes, que buscam novas experiências e sabores mais elaborados.

Segundo o Sebrae, o Brasil se tornou um dos maiores consumidores do mundo de cervejas artesanais, com consumo em torno de 70 litros por pessoa ao ano.

Artesanais têm processo de fabricação mais lento e custo mais alto

Produzidas em menor escala, com processos de fermentação e maturação mais lentos, as bebidas artesanais possuem geralmente preço mais elevado. Além disso, são feitos por pequenos produtores, com menor infraestrutura logística.

Mas a diferença de preço em relação ao produto industrial não tem se mostrado um entrave para os consumidores. Pelo contrário, o crescimento do número de microcervejarias mostra que há demanda pela bebida de um público exigente, que busca novas experiências, e disposto a pagar um pouco mais para consumir um produto diferenciado.

Capacidade de estoque para oferecer as duas opções

O ideal seria atender a demanda tanto de bebidas artesanais quanto das industrializadas. A capacidade de armazenamento pode ser um entrave, ainda mais para um tipo de bebida que é consumida gelada.

Para quem não vai trabalhar exclusivamente com bebidas artesanais, uma boa saída é reservar um espaço para elas e, assim, satisfazer os dois tipos de público. Lembrando que os apreciadores de cervejas artesanais costumam ser fieis ao estilo e abertos à experimentação.

O que achou das informações sobre trabalhar com bebida artesanal ou industrial? Há outros assuntos que gostaria de ler neste blog? Escreva para nós nos comentários abaixo.

Curso Food and Beverage

Sobre Samuel Pereira

Jornalista

Deixe um Comentário